Handebol no Brasil PDF Imprimir E-mail

Após a I Grande Guerra Mundial, um grande número de imigrantes alemães vieram para o Brasil estabelecendo-se na região sul por conta das semelhanças climáticas.

Dessa forma os brasileiros passaram a ter um maior contato com a cultura, tradição folclórica e por extensão as atividades recreativas e desportivas por eles praticadas, dentre os quais o então Handebol de Campo. Foi em São Paulo que ele teve seu maior desenvolvimento, principalmente quando em 26 de fevereiro de 1940 foi fundada a Federação Paulista de Handebol, tendo como seu primeiro presidente Otto Schemelling.

O Handebol de Salão somente foi oficializado em 1954 quando a Federação Paulista de Handebol instituiu o I Torneio Aberto de Handebol que foi jogado em campo improvisado ao lado do campo de futebol do Esporte Clube Pinheiros, campo esse demarcado com cal (40x20m e balizas com caibros de madeira 3x2m).

Este Handebol praticado com 7 jogadores e em um espaço menor agradou de tal maneira que a Confederação Brasileira de Desportos - CBD órgão que congregava os Desportos Amadores a nível nacional, criou um departamento de Handebol possibilitando assim a organização de torneios e campeonatos brasileiros nas várias categorias masculina e feminina.

O handebol ficou restrito à São Paulo até a década de 60, quando o Professor Augusto Listello (francês) no curso internacional de Santos o mostrou a professores de outros estados em forma didática. Esses professores então o introduziram em seus colégios e assim começou a ser praticado em outros estados. Em 1971, o MEC, em face ao seu crescimento nas escolas inclui o handebol de sete entre as modalidades dos Jogos Estudantis e Jogos Universitários Brasileiros (JEB’s e JUB’s). Com isso o handebol disseminou-se em todo o território nacional, com vários estados dividindo à partir daí os títulos nacionais.

Em 1973 a antiga CBD fez disputar em Niterói o 1º Campeonato Brasileiro Juvenil para ambos os sexos. No ano seguinte em Fortaleza iniciou-se a competição para adultos. Como também outros estados além de São Paulo passaram a disputar as competições de handebol, em 1980, um ano após a criação da Confederação Brasileira de Handebol, foi disputada a 1ª Taça Brasil de Clubes, na cidade de São Paulo, então sede da entidade. Nos Jogos Pan-Americanos de 2007, realizados no Rio de Janeiro, o Brasil conquistou a medalha de ouro no feminino e no masculino. Em São Paulo, o Handebol é uma das modalidades mais praticadas, principalmente no meio estudantil. Os campeonatos promovidos pela Federação Paulista de Handebol, com excelente organização e índice técnico, têm levado grande público aos ginásios, com jogos transmitidos pela ESPN-Brasil para todo o Brasil.

 

 

HISTÓRIA DO HANDEBOL - 

 

História do Handebol

Atribui-se a invenção do Handebol ao professor Karl Schellenz, da Escola Normal de Educação Física de Berlim, durante a primeira guerra mundial. No iníco, o Handebol era praticado apenas por moças e as primeiras partidas foram realizadas nos arredores de Berlim. Os campos tinham 40x20m. Pouco depois em campos de dimensões maiores, o esporte passou a ser praticado por homens e logo se espalhou por toda a Europa.
Em 1927 foi criada a Federação Internacional de Handebol Amador, F.I.H.A. Mas, em 1946, durante o congreso de Copenhague (10 a 13 de julho), os suecos oficializaram seu Handebol de Salão para apenas 7 jogadores por equipe, passando a F.I.H.A. a denominar-se Federação Internacional de Handebol, F.I.H., e o jogo de 11 jogadores em segundo plano.
Em 1933 foi criada a federação alemã que, três anos depois, introduzia o Handebol nos Jogos Olímpicos de Berlim. Em 1954, a F.I.H. contava com 25 nações. No dia 26 de Fevereiro de 1940 foi fundada, em São Paulo, a Federação Paulista de Handebol, mas o esporte já era praticado no Brasil desde 1930. Até 1950, a sede da F.I.H. era na Suécia. Transferiu-se no ano seguinte para a Suíça.
A primeira vez que o Handebol foi disputado em uma olimpíada foi em 1936, depois foi retirado e voltou em 1972, já na sua nova versão (de 7 jogadores) e em 1976 o Handebol feminino também passou a fazer parte dos Jogos Olímpicos.

A Origem do Handebol
O Handebol é um dos esportes mais antigos de que que se tem notícia. Ele ja apresentou uma grande variedade de formas até a praticada atualmente.
Um jogo com bola foi descrito por Homero em "A Odisséia", onde a bola era jogada com as mãos e o objetivo era ultrapassar o oponente, através de passes, isto está gravado em uma pedra na cidade de Atenas e data de 600 A.C.. De acordo com as escritas do médico Romano, Claudius Galenus (130-200 D.C.), os Romanos possuiam um jogo de Handebol chamado "Harpaston". Na Idade Média, as legiões de cavaleiros jogavam um jogo de bola, o qual era fundamentado em passes e metas, isto foi descrito por Walther von der Vogelwide (1170-1230), que o chamou de "Jogo de Pegar Bola", que é precursor do atual jogo de Handebol. Na França, Rabelais(1494-1533), fala sobre um jogo de Handebol em que "Eles jogam bola, usando a palma da mão".
O Supervisor de Educação Física Alemão, Holger Nielsen, adaptou o "Haanbold-Spiel" (Jogo de

Handebol) para ser jogado em quadras, na cidade de Ortrup em 1848, remodelando as regras e método como o jogo deveria ser praticado. Eventualmente os alemães desenvolveram o esporte e finalisaram as regras em 1897, onde atualmente é baseado o Handebol de Quadra (Indoor) e o Handebol Olímpico. Era uma forma de 7 jogadores por time, em uma quadra pouco maior do que a de Basquete, com gols de Futebol de 2m de altura por 2,5m de comprimento.
Na Suécia, em 1910, G. Wallstrom foi quem introduziu o Handebol. Na Alemanha, em 1912, Hirschmann (O Secretário Geral Alemão da Associação Internaciona de Futebol) tentou introduzir o Handebol em um jogo de "campo", seguindo as regras do Futebol. Durante 1915-1917, o Supervisor de Educação Física Max Heiser (1879-1921), introduziu o Handebol de Campo para as mulheres, sendo considerado o real criador do esporte, assim como Karl Schelenz (1890-1956), um professor de esportes da Escola Superior de Educação Física é considerado o fundador do Handebol. Karl Schelenz foi o responsável pelo desenvolvimento do Handebol na Alemanha, Austria e Suiça, onde ele foi treinador.

 

O handebol é um esporte coletivo que foi criado pelo professor alemão Karl Schelenz, no ano de 1919. Após ter as regras publicadas pela Federação Alemã de Ginástica, o esporte começou a ser praticado de forma competitiva em países como, por exemplo,  Áustria, Suíça e Alemanha.
Nesta fase inicial, as partidas de handebol eram realizadas em campos gramados parecidos com de futebol. Assim como no futebol de campo, cada equipe de handebol era composta por onze jogadores.
No ano de 1925, foi realizada a primeira partida internacional de handebol, entre as equipes da Alemanha e da Áustria. Os austríacos levaram a melhor, vencendo os alemães por 6 a 3.
Fatos importantes da história do handebol:
- Em 1934, o COI (Comitê Olímpico Internacional) inclui o handebol como esporte Olímpico.
- Nas Olimpíadas de Berlim (1936), seis países disputaram a medalha de ouro. A Alemanha tornou-se campeã, após derrotar a Áustria por 10 a 6.
- Em 1938, foi disputado, na Alemanha, o primeiro campeonato mundial de handebol.
- Em 18 de julho de 1946, foi fundada a IHF (International Handball Federation), atualmente com sede na cidade de Basiléia (Suíça).
- No ano de 1966, os jogos de handebol em campo gramado foram descontinuados, passando o esporte ser realizado somente em salão.
- Após um período sem participação, o esporte volta a fazer parte das Olimpíadas nos Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976. Porém, com regras reformuladas e partidas disputadas em quadra.
- Atualmente o esporte é praticado em 183 países, envolvendo mais de um milhão de equipes e trinta milhões de profissionais (jogadores, treinadores e outros profissionais do esporte).
Curiosidade: Embora seja praticado por milhares de pessoas em nosso país, a equipe brasileira ainda não conseguiu ganhar medalha olímpica, nem título mundial no handebol.

 

HISTÓRIA DO HANDEBOL - Ano á Ano

 

Handebol ao longo dos Anos

  • 1931 - Fundação da Associação Alemã de Handball (16/03) - Presidente José Hollander. Primeiro Jogo Interestadual: Turnerschaft von 1890 de SP x Deutscher Turn und Sportverein do RJ, com vitória da equipe de SP.
  • 1940 - O desenvolvimento do Handebol é mais visível em SP. Assim sendo, em 26 de fevereiro foi fundada a Federação Paulista de Handebol, tendo como seu 1 ° Presidente Otto Schemelling.
  • 1954 - O Handebol de Salão foi oficializado quando a Federação Paulista de Handebol instituiu o I Torneio Aberto de Handebol, que foi jogado em campo improvisado ao lado do campo de futebol do Esporte Clube Pinheiros, campo esse demarcado com cal (40x20m e balizas com caibros de madeira 3x2m). Este Handebol praticado com
    7 jogadores e em um espaço menor, agradou de tal maneira que a Confederação Brasileira de Desportos-CBD, órgão que congregava os esportes amadores em âmbito nacional, criou um Departamento de Handebol possibilitando assim a organização de torneios e campeonatos brasileiros nas várias categorias masculina e feminina.
  • 1971 - A efetiva difusão do Handebol em todos os Estados aconteceu a partir da inclusão do esporte nos III Jogos Estudantis Brasileiros - JEBS, realizado em Belo Horizonte-MG. 1972 Inclusão do Handebol nos Jogos Universitários Brasileiros - JUBs realizados em Fortaleza-CE. Nos JEBs de 1972, o Handebol teve a participação de aproximadamente 10 equipes femininas e 12 masculinas.
  • 1973 - IV JEBs em Maceió-AL, com 16 equipes femininas e 20 masculinas.
  • 1973 - I Campeonato Brasileiro Juvenil feminino e masculino, em Niterói-RJ.
  • 1974 - Realiza-se a primeira disputa adulta de nível nacional.
  • 1976 - Cria-se o I Campeonato Brasileiro de Handebol Masculino Adulto com colocações de destaque por representações do Nordeste do país: 1º Maranhão e 2º Paraíba.
  • 1978 - O I Campeonato Brasileiro de Handebol Feminino Adulto teve em primeiro a seleção do Amazonas e, em segundo, a de Pernambuco, o que confirmou a expansão do Handebol por todo o Brasil.

 CBHb - Fundação

 

Fundação da CBHb

  • 1979 - Em primeiro de junho: Fundação da Confederação Brasileira
    de Handebol - CBHb.

Até esta data o Handebol Brasileiro fazia parte da Confederação Brasileira de Desportos - CBD. A desvinculação da CBD foi para atender uma determinação da nova
legislação esportiva à época. Neste estágio, já existiam algumas Federações Estaduais que fizeram parte da transição e portanto são consideradas fundadoras da CBHb: Federação Paulista de Handebol; Federação de Handebol do Estado do Rio de Janeiro; Federação Maranhense de Handebol; Federação Pernambucana de Handebol; Federação Cearense de Handebol; Federação Gaúcha de Handebol e Federação Paraense de Desportos. Estas entidades e as outras que compareceram na Assembléia de Eleição no dia 22 de agosto de 1979 no Rio de Janeiro, são também consideradas fundadoras a saber: Federação Paranaense de Handebol; Federação
Mineira de Handebol; Federação Amazonense de Handebol, Federação Sergipana de Handebol e Federação Paraibana de Handebol. O fato da sigla ter o “b” minúsculo após o “H” em CBHb deu-se em função da Confederação Brasileira de Hipismo ser mais antiga e, portanto, já existir a sigla CBH já registrada no então Conselho Nacional de Desportos - CND. O primeiro Presidente da CBHb foi o Professor Jamil André de São Paulo, Professor de Handebol da Universidade de São Paulo - USP, técnico de clubes e inclusive da Seleção Brasileira. A primeira sede da CBHb foi na cidade de São Paulo. O segundo Presidente foi o Professor José Maria Teixeira, alagoano que residia no Rio de Janeiro e que, além de Professor da modalidade, era o Coordenador de Handebol nos Jogos Escolares Brasileiros. Ao se transferir para trabalhar na Universidade Federal de Alagoas, Professor Teixeira trouxe com ele a sede da CBHb para Maceió-AL.

            1991 Á Situação Atual

 

1991 a Situação Atual

  • 1991 - As Seleções  Masculina e Feminina, participam pela primeira vez dos Campeonatos Mundiais Juniores, respectivamente na Grécia e na França.
  • 1992 - A Seleção Brasileira Masculina participa pela primeira vez dos Jogos Olímpicos, na edição de Barcelona.
  • 1993 - As regras do Beach Handball são aprovadas em 1 de agosto pela IHF.
  • 1994 - Realiza-se pela primeira vez a Curitiba International Cup em Curitiba-PR, um dos principais torneios de Handebol do mundo.
  • 1994 - O Prof. Manoel Luiz Oliveira, Presidente da CBHb participando do XXV Congresso da IHF, na cidade de Amsterdã (Holanda), teve seu primeiro contato com as novas regras da modalidade.
  • 1995 - A CBHb envia ao COB a sugestão de incluir o Beach Handball no Festival Olímpico de Verão. Participaram Brasil (Campeão), Argentina (Vice-Campeã), Itália e Portugal.
  • 1995 - A Confederação Brasileira de Handebol, realiza em Aracaju, o Campeonato Mundial Junior Feminino.
  • 1995 - A Federação de Handebol do Rio de Janeiro realiza o I Campeonato Brasileiro de Beach Handball Masculino. Classificação: Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Distrito Federal.
  • 1996 - O Brasil recebe por escolha unânime da Assembléia Geral da Federação Internacional de Handebol, o Troféu Hans Baumann, como o país que contribui de forma excepcional para o desenvolvimento do Handebol. Este prêmio foi entregue pela primeira vez em 1972. A Seleção Brasileira Masculina participa dos Jogos Olímpicos de Atlanta.
  • 1996 - É realizado o II Campeonato Brasileiro de Beach Handball Masculino em Cabo Frio, Rio de Janeiro O Paraná sagrou-se campeão, seguido pelo Amazonas, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.
  • 1996 - O Beach Handball integra o programa do Festival Olímpico de Verão no RJ. O título ficou com a equipe italiana; Cuba ficou com o vice; Brasil foi o terceiro e Canadá, o último colocado.
  • 1997 - Mudanças decididas pelo Conselho IHF constituem em uma parte fundamental pela adaptação às regras do Handebol de Praia.
  • 1999 -  O atleta Bruno Souza (RJ), um dos melhores atletas brasileiros, transfere-se para a Alemanha.
  • 2000 - A Seleção Brasileira Feminina participa pela primeira vez dos Jogos Olímpicos na edição de Sidney.
  • 2001 - I Campeonato Mundial de Beach Handball em Akita, no Japão. O evento fez parte dos VI World Games. O Brasil ficou com a medalha de bronze tanto no masculino quanto no feminino.
  • 2003 - A Confederação Brasileira de Handebol realiza o Campeonato Mundial de Handebol Júnior Masculino (Foz do Iguaçu – PR) e conquista o Título de Campeão dos Jogos Pan-Americanos Masculino e Feminino (República Dominicana – Santo Domingo) e classifica pela primeira vez as duas equipes para os Jogos Olímpicos
    de Atenas em 2004. O atleta Bruno Souza, recebe o prêmio Brasil Olímpico, como o melhor atleta de Handebol de 2003.
  • 2003 - A Curitiba International Cup completa 10 anos de realização com a marca de 1081 equipes tendo participado do evento em 3.033 jogos e assinalados 70.788 gols
  • 2004 - O atleta Bruno Souza entra na relação dos 10 melhores jogadores do mundo, no Ranking da Federação Internacional do qual se escolhe o melhor atleta do ano. Neste ano, a sede da CBHb continua em Aracajú-SE, seguindo diretriz estabelecida a pedido do Presidente da entidade em sua Assembléia Geral. O terceiro e atual Presidente da Confederação é o Prof. Manoel Luiz Oliveira que também era Técnico de Escolas e Clubes, com participação em seleções Brasileiras
    como Assistente Técnico no I Campeonato Pan-Americano Adulto Masculino realizado na cidade do México e, como Supervisor no campeonato Pan-Americano realizado em Manaus-AM.

    Situação Atual:
  •  O Brasil atualmente tem a hegemonia do Handebol no Continente Americano nas Categorias Masculinas e Femininas, que se confirmou com a participação nos Jogos Olímpicos de Atenas - 2004.

 No nível mundial, a Categoria Feminina já se situa entre as melhores seleções nacionais (COB, 2002). Estas posições resultam do trabalho de base que se prolonga desde 1971, com a ênfase posta nos Jogos Estudantis Brasileiros. Porém, no estágio atual, uma melhor posição no cenário mundial dependerá de uma profissionalização dos Dirigentes, Técnicos, Atletas e Árbitros que atuam na modalidade. A instituição da Equipe Olímpica Permanente da CBHb em 2002 é um passo fundamental para se enfrentar o desafio de uma subida adicional na escala internacional, dado a que são mantidos em treinamento controlado 60 atletas das categorias adulta, masculina e feminina. Hoje também a CBHb cadastra 55.011 atletas registrados, ao passo que em 2000 este quantitativo era de 53.198 (dados de COB, 2003). Em termos mais gerais, os praticantes brasileiros constituem a quinta maior posição do mundo como se aprecia pela Tabela 1, totalizando cerca de 201.048 com vínculos em 687 clubes e 7.774 equipes (dados da IHF, 2003). Neste números, a vantagem masculina não é tão significativa com ocorre em outros esportes de quadra, explicando em parte os bons resultados da categoria feminina. Em resumo, a profissionalização em andamento no Handebol brasileiro permitirá progressivamente assumir espaços na mídia e
a obtenção de investimentos de patrocinadores, passos necessários a consolidar a modalidade entre as maiores do país. E neste sentido, os avanços atuais a destacar são:
• O início em 1991 de participações nos Campeonatos Mundiais Juniores Masculino e Feminino. – O Brasil esteve representado em todos os Campeonatos posteriores.
• A realização de vários Torneios Regionais de Handebol, além do Calendário Oficial da CBHb.
• 27 Estados possuem Federações e estão filiadas à CBHb, realizando seus Calendários Estaduais.
• A inclusão do Beach Handebol nos eventos Nacionais, tendo o Itajaí Handball Cup como um dos maiores eventos do País.
• A participação e a realização de Campeonatos Sul-Americanos, Pan-Americanos e Mundiais nas Categorias e Base.
• Realização dos Campeonatos Mundiais Juniores Feminino (Aracajú / 1995) e Masculino (Foz do Iguaçu /2003).
• A posição de destaque obtida pelo Prof. Manoel Luiz Oliveira, hoje ocupando a Presidência da Federação Pan-Americana de Handebol
e a Vice-presidência da Federação Internacional de Handebol.

 

 

 

NRFC - Niterói Rugby Football Clube

Copyright © 2014 NRFC - Niterói Rugby Football Clube. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre com licença GNU/GPL v2.0.
RocketTheme Joomla Templates